Curso de

Reiki

com Márcia Fernandes

Se você age como uma esponja, puxando as energias negativas para si, meu recado é pra você. Vou te ensinar a fazer uma autolimpeza e a equilibrar os seus chakras.

Por que fazer o Reiki?

Autoaplicação para equilíbrio dos chakras

Limpeza Energética do Ambiente

Ajuda o seu negócio a prosperar

Benefícios do

REIKI

Reiki é um método de imposição de mãos para transferir “energia vital universal” através de símbolos e mantras referentes aos nomes destes símbolos. Entre os vários benefícios que o Reiki pode nos propor, destacaremos alguns.

Fechamento de corpo contra energias negativas

Aumento da criatividade

Equilíbrio emocional

Certificação

Ao final de cada curso, os participantes receberão a certificação com a linhagem das Mestras Márcia Fernandes e Daniela Pasqual. O certificado será assinado e terá o Selo da Abrath (Associação Brasileira de Terapeutas Holísticos). Você poderá imprimir o seu certificado direto na plataforma do Curso.

Perguntas frequentes

Reiki é um método de imposição de mãos para transferir “energia vital universal” por meio de símbolos e mantras referentes aos nomes desses símbolos.

A Formação Completa é composta pelos seguintes Níveis:

Reiki 1 e 2
Reiki 3
Reiki Master
Reiki Completo

Você encontrará, na descrição de cada módulo, informações completas sobre seu conteúdo.

O Método usado nos Níveis 1, 2, 3 e Master é o Usui. No Módulo Reiki Cirurgia, por sua vez, você aprenderá uma técnica desenvolvida e praticada pelos Kahunas, Xamãs dos povos do Havaí e Ilhas Polinésias, transmitida oralmente. Ela foi compilada pelo William Lee Rand.

O Curso é 100% Online. Os vídeos são gravados em aulas sequenciais e você as assiste da forma que achar melhor. Você pode assistir quantas vezes quiser durante o período de 12 meses.

Não. O Reiki é para todos. Você só precisa ter concluído ou estar cursando o nível fundamental.

O formato e metodologia do curso por nós oferecido não contemplam essa possibilidade.

Sim, mediante comprovação (apresentação do certificado emitido por instituição similar). Nesse caso, envie um e-mail para [email protected], para análise. A mesma situação vale para qualquer outro nível.

Dentro do prazo de 12 (doze) meses da data de aquisição da Formação Completa ou dos módulos individuais, você poderá postar suas dúvidas no campo “Comentários” do vídeo correspondente. Nossa equipe responderá a todos.

Ao concluir cada nível do curso (mesmo que tenha adquirido a Formação Completa), você deverá ser iniciado no nível correspondente. As iniciações dos Níveis 1 e 2 serão feitas de uma única vez. Ao concluir cada nível, você deverá solicitar a respectiva iniciação enviando um e-mail para [email protected]. Você receberá um e-mail com um link para agendar a sua iniciação online nas datas e horários disponibilizados. Após, um convite lhe será encaminhado por e-mail ou WhatsApp e você deverá acessá-lo na data e horário agendados. Importante: para melhor aproveitamento energético durante a iniciação, recomendamos que você se abstenha de ingerir carnes (salvo recomendação médica ou restrição nutricional), bebidas alcoólicas, cigarros e praticar sexo nos três dias anteriores.

Após a iniciação, você receberá a certificação com a linhagem das Mestras Daniela Pasqual e Márcia Fernandes, constando também o número de horas e o Selo da ABRATH de certificação. O certificado será assinado. Você poderá imprimi-lo direto na plataforma do curso. Importante frisar que, no ato da inscrição, você deve colocar seu nome de batismo (e não seu nome de casado etc) para a confecção do certificado.

Sim, o certificado tem validade internacional, mas você deve fazer a carteirinha de Terapeuta Reikiano na ABRATH para atuar internacionalmente. Importante você checar as normas vigentes em seu país.

Não. Após concluir cada Módulo do curso (mesmo que na modalidade Formação Completa), você deverá ser iniciado no nível correspondente, antes de receber seu certificado e poder iniciar as aplicações de Reiki naquele nível. Para tanto, você deverá enviar uma solicitação para o e-mail [email protected] Em resposta, você receberá um e-mail com um link para agendar, nas datas e horários disponibilizados, a sua iniciação online. Após, um convite lhe será encaminhado por e-mail ou WhatsApp e você deverá acessá-lo na data e horário agendados. Importante: para melhor aproveitamento energético durante a iniciação, recomendamos que você se abstenha de ingerir carnes (salvo recomendação médica ou restrição nutricional), bebidas alcoólicas, cigarros e praticar sexo nos três dias anteriores. Vale lembrar que, no curso, você aprenderá quais são as condições de aplicação de Reiki, bem como as situações em que ela não é recomendada.

Sim, no nível de Reiki que tiver sido iniciado. A Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares foi criada em 03 de maio de 2006, por meio da Portaria 971 do Ministério da Saúde.​ Em 27 de março de 2017, a Portaria nº 849 do Ministério da Saúde incluiu outras atividades na Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares (PNPIC), dentre elas, o Reiki.​ O Reiki também foi enquadrado como profissão isolada recebendo o código 8690-9/01 da CONCLA (Comissão Nacional de Classificação), órgão responsável pela classificação de profissões e ligado ao Ministério do Trabalho e ao IBGE, e obteve o seu reconhecimento oficial no Brasil. ​ Vale lembrar que, ao exercer essas atividades profissionalmente, você deverá se informar sobre licenças, alvarás de funcionamento, pagamento de impostos, taxas, anuidades para associações (se desejar se associar) e outras formalidades necessárias em seu município e Estado, como em qualquer outra atividade econômica.

Não, em hipótese alguma o Reiki poderá ser oferecido como substitutivo de tratamentos médicos, psicológicos, psiquiátricos ou veterinários. Os tratamentos sempre deverão ser mantidos, conforme recomendação do profissional competente. O Reiki poderá ser aplicado de maneira complementar, sem jamais substituir terapias alopáticas.

Sim, se concluir e for iniciado no Módulo Reiki Master, estará habilitado para ser professor. Entretanto, é pré-requisito para poder cursar o Módulo Reiki Master, a conclusão dos módulos Reiki I e II, e Reiki III, as respectivas iniciações e certificados. Além disso, com o certificado de Reiki Master, você receberá um selo da Biblioteca Nacional com o seu número exclusivo de mestre. Vale lembrar que, ao exercer essas atividades profissionalmente, você deverá se informar sobre licenças, alvarás de funcionamento, pagamento de impostos, taxas, anuidades para associações (se desejar se associar) e outras formalidades necessárias em seu município e Estado, como em qualquer outra atividade econômica.

Você terá o prazo total de até 12 (doze) meses para concluir todos os módulos da Formação Completa ou o(s) Módulo(s) adquiridos separadamente, agendar a iniciação e ser iniciado. Portanto, é fundamental que você se programe para completar todas atividades necessárias dentro desse período. Decorridos os 12 (doze) meses, o conteúdo poderá ficar disponível, por mera liberalidade, por prazo indeterminado, porém você não terá mais direito à iniciação e ao respectivo certificado.

No prazo de 7 (sete) dias corridos contado da data de aquisição, você poderá cancelar a sua compra. Para tanto, dentro desse prazo, você deverá enviar um e-mail para [email protected] e seu dinheiro será devolvido.

A princípio, não há como prejudicar alguém com a energia vital do Reiki, afinal, é um amor que vem de Deus. Mas teremos de prestar atenção em algumas observações. Existem poucas exceções para a não aplicação do Reiki: 

– Nunca aplique Reiki em pessoas anestesiadas. O processo anestésico é um coma induzido e o Reiki poderá acordar a pessoa, complicando ações da equipe médica. Aplique o Reiki antes e depois de cirurgias, nunca durante;

– Em casos de fraturas, somente aplique o Reiki sobre a região afetada em caráter emergencial, para reduzir a dor. Um tratamento prolongado poderá ser feito somente após o osso estar devidamente alinhado e a região imobilizada por um médico ortopedista (o Reiki penetra sem problemas pelo gesso). Se você não agir assim, poderá promover uma calcificação do osso fora do lugar, dificultando a correção posterior. Após o osso estar em posição correta, aplicações diárias do Reiki aceleram a cura numa velocidade três vezes maior;

– No caso de um acidente em que haja uma amputação de um dedo, por exemplo, aplicar o Reiki poderá colocar a região num processo de cicatrização rápida, o que dificultará, futuramente, o implante do membro amputado;

– Em hipótese alguma, insista que qualquer um receba o Reiki; cabendo a cada um o desejo de melhorar. Já dizia o Mestre Jesus: “Pedi e recebereis”. Jesus sempre perguntava aos enfermos se desejavam, de coração, ser curados. Ao pedir o Reiki, a pessoa se abre interiormente e declara sua intenção de se libertar da causa de sua doença, portanto, ela não precisa acreditar no Reiki, porém precisa pedir;

– Se você estiver com uma área infeccionada ou um ferimento aberto na mão, use luvas esterilizadas ou não aplique Reiki enquanto não estiver recuperado. Da mesma forma, para reduzir o risco de infecções, jamais coloque as mãos diretamente sobre um corte ou ferimento aberto. Coloque a mão próxima ao local e o Reiki fluirá para lá;

– Se você sentiu muita raiva por um motivo qualquer, observações evidentes mostram que a aura do Reikiano fica avermelhado-escuro (ressonância do Chakra Básico). Emoções inferiores e grosseiras tendem a atrair entidades indesejáveis e energias negativas. Lembre-se que semelhante atrai semelhante, portanto, caso esteja negativo, trata-se antes. Com a finalidade de evitar possíveis ‘contaminações’, evite aplicar o Reiki se você se sente muito doente, abalado emocionalmente ou cansado. É mais difícil elevarmos nosso padrão vibratório quando estamos assim, portanto, você terá mais dificuldades em eliminar as energias baixas que captar. Será preciso aprender a dizer “não” algumas vezes para ser capaz de dizer “sim” no momento certo. 

O coma é um estado de perda da consciência profunda, no qual a pessoa permanece desacordada, mas o cérebro continua produzindo sinais elétricos que se espalham pelo corpo, e que mantêm os sistemas mais básicos e importantes para a sobrevivência, como a respiração ou a resposta dos olhos à luz.

Muitas vezes, o coma é reversível e, por isso, a pessoa pode reaver a consciência, no entanto, o tempo até que o estado de coma passe é muito variável, de acordo com a idade, estado de saúde geral e a causa. Existem até situações em que o coma é induzido pelos médicos para aumentar a velocidade de recuperação do paciente, dependendo do caso.

Durante o tratamento do paciente em coma, o Reiki poderá auxiliar na melhora e proporcionar diversos benefícios, pois mesmo enquanto o cliente permanecer inconsciente, todos seus corpos estão ativos de alguma forma.

O Reiki poderá reduzir os sentimentos negativos, fazendo com o paciente relaxe e procure focar em sua recuperação.

As emoções durante esse quadro são muito instáveis, o Reiki irá controlar esses sentimentos através de equilíbrio e calma.

O Reiki ainda poderá potencializar o sistema imunológico do paciente, que além de auxiliar na melhoria do tratamento, irá protegê-lo do aparecimento de novos males ou doenças.

O Reiki não possui qualquer tipo de efeito prejudicial nos tratamentos e medicamentos que são ministrados a qualquer paciente, mas existem discussões, pois alguns estudos recomendam não aplicar Reiki, em paciente em coma. Diante desses quadros e por se tratar de uma condição extremamente delicada, recomenda-se a proporcional cautela. 

Diversos Reikianos já relataram que enviaram Reiki para clientes que estavam em quadro de coma ou em estado quase morte, e essas pessoas vieram a falecer poucas horas depois de receberem o tratamento. A reação após o recebimento do Reiki pode gerar dúvida sobre o efeito do tratamento: seria ele o causador do desencarne? Jamais, o Reiki é uma energia de amor que atua no alívio do sofrimento dos clientes. O que pode ocorrer é o chamamento, ou o cliente sentir que é hora de finalmente se desapegar e se desligar.

Por isso, na dúvida, pode-se discutir com o profissional médico que está assistindo o cliente, explicar como o Reiki atuará no cliente e solicitar sua opinião, bem como, aos familiares.

A relação entre os seres humanos e os animais está presente desde os tempos pré-históricos. Mas, com o passar do tempo o vínculo foi se estreitando cada vez mais. 

Hoje em dia, muita gente os consideram como parte da família, e mais que isso, como um filho, e que quando fica doente não mede esforços para buscar o tratamento. 

Diante dessa realidade a Medicina Veterinária vem evoluindo consideravelmente, como na especialização de médicos em diversas áreas, criação de vacinas, planos de saúde, tratamentos e medicamentos. 

O Reiki vem auxiliar no cuidado dos animais, e tem se mostrado muito eficiente, agindo de maneira complementar, da mesma forma que nos seres humanos, promovendo o bem-estar, equilíbrio e cura de forma integral.

Podendo ser usado para tratar problemas de comportamento como agressividade, estresse, depressão, na recuperação de cirurgias e auxiliando no processo de cicatrização. 

O Reiki diminui os efeitos colaterais e a dosagem de medicamentos, e até mesmo pode espaçar as crises de patologias crônicas.

Nos animais saudáveis, o Reiki fortalece o sistema imunológico, prevenindo doenças, disfunções físicas e mentais, e também causa um sentimento de calma e contentamento.

Nos animais idosos promove um conforto e harmonização, e, nos casos de doenç̧as terminais, ajuda a aliviar as dores e suaviza a transição para a morte. 

O Reiki vem ocupando cada vez mais espaço nas clínicas veterinárias, e pode também ser utilizado em conjunto com a acupuntura, homeopatia, essências florais e todas as outras formas de cura. 

A maneira de tratar os animais é similar à usada nos seres humanos, pois a maioria dos órgãos dos animais está em posição semelhante. 

Alguns animais se mostram mais receptivos ao Reiki do que outros, e isso vai depender de cada um, independente da espécie. Caso o animal se afaste ou fique arisco, o ideal é aguardar um momento mais adequado para realizar a aplicação.

Aplicar o Reiki em animais nos permite realizar a conexão que temos com o Divino e a Natureza.

A saúde e o bem-estar são de extrema importância em nossas vidas, porém nosso lar e o local de trabalho no qual convivemos diariamente influencia muito nossa saúde mental, emocional e até espiritual.

Tudo que ocorrer em um ambiente, sendo pensamentos, discussões e comportamentos, geram energias que são desprendidas e posteriormente absorvidas pelas diversas estruturas físicas do local e ficam nelas impregnadas. 

Ambientes corporativos podem ser muito estressantes devido às grandes cargas de pressão e a alta competitividade. O Reiki é uma excelente alternativa para harmonizar os espaços, aliviar o estresse e proporcionar o aumento da produtividade.

As altas cargas de tensão no trabalho também podem desencadear uma série de problemas físicos, como dores de cabeça, problemas estomacais, dores musculares, alergias, doenças de pele e queda de imunidade  que leva a outras doenças, e todos esses problemas fazem cair a produtividade, ocasionando em frequentes faltas ao trabalho.

Pesquisas recentes demonstraram que a implementação do Reiki em ambientes corporativos pode ser muito interessante, uma vez que os dados levantados mostram que executivos e funcionários submetidos a sessões da terapia obtiveram um relaxamento quase imediato e um eficiente alívio.

Já em relação ao nosso lar, o que mais desejamos é tranquilidade, amor e felicidade. Todos nós queremos um ambiente agradável, que traga conforto e bem estar. No entanto, o convívio com outras pessoas, com tantos afazeres e compromissos do dia a dia, é normal deixarmos as vibrações negativas entrarem em nossa mente e atuarem em nossa casa.

O Reiki harmoniza não apenas pessoas, mas tudo o que está à volta do reikiano, incluindo sua casa e as pessoas que nela moram. Faz com que, automaticamente, as pessoas de seu relacionamento também modifiquem seus comportamentos e vibrações.

Os símbolos do Reiki, quando utilizados corretamente, realizam de maneira eficiente a limpeza e purificação das energias de qualquer ambiente. 

O Reiki é uma energia amorosa, e ao usarmos a técnica de harmonização de ambientes ele será tratado, tomado por essa energia e por sentimentos de tolerância, respeito e amor.

A técnica para ambientes pode ser constituída por selagem, orgonite ou adesivos como explicado anteriormente.

Auto: exprime a noção de próprio, de si próprio, por si próprio.

Estima: se refere a diversos sentimentos, admiração, respeito, carinho, amor entre outros.

Diante disso verificamos que a Autoestima tem como significado mais claro e objetivo, o Amor Próprio, e esse sentimento deve ser praticado em maior intensidade do que o amor das pessoas para conosco.

 Todos nós passamos em algum momento de nossa vida por decepções, perdas ou frustrações, e essas situações são verdadeiros gatilhos que podem gerar perda ou comprometimento da autoestima. 

O Reiki vai atuar de maneira eficiente na autoestima, pois ajudará a pessoa a mudar a forma como ela se vê, restituindo seu valor próprio e a maneira como se relaciona consigo mesma. 

Quando a pessoa permite ficar em estado de relaxamento, entregue a energia universal do Reiki, que passa pelo terapeuta reikiano, ela terá uma sensação de bem estar e mudança no seu padrão vibratório.

O autoconhecimento é o caminho para a elevação da autoestima, motivando a realização e abrindo as oportunidades.

Há casos em que poderá ocorrer a liberação da energia em desarmonia das memórias de possíveis traumas, daí, a pessoa passa a entender as razões que causaram a dificuldade de se relacionar consigo mesma.

Desde criança, nos preocupamos em sermos aceitos pelo ambiente familiar e escolar. O tratamento que recebemos, como cada um interpretou sua infância, os ambientes formados por pessoas importantes para nós, como: os pais, amigos, professores. Assim, passamos a nos comportar e a agir conosco e com as outras pessoas baseadas nas mesmas experiências, curar essas memórias traumáticas é extremamente importante para que se alcance uma boa autoestima.

“Eu me amo e me aceito do jeito que sou”. Essa é uma frase muito poderosa para elevarmos nossa autoestima, a sua utilização diária, pode no início parecer estranho, mas ao longo do tempo fará uma grande diferença.

Foque no amor próprio, foque no presente, assim como na prática dos cinco princípios do Reiki.

A utilização do símbolo Sei He Ki, será o principal instrumento para equilibrar nossas questões emocionais e aumentar nossa estima e amor próprio.

A origem da meditação é muito antiga, remontando as tradições orientais, mas o termo também se refere a práticas adotadas por alguns caminhos espirituais, terapias e religiões.

A meditação pode ser definida como uma prática na qual o indivíduo utiliza técnicas para alcançar um estado de consciência pura, um estado de paz absoluta, deixando os pensamentos vir e ir, permitindo que a mente se esvazie por si só, visando um estado de clareza mental e emocional. 

O Reiki e a meditação são excelentes aliados e trabalham muito bem juntos para produzir um sentimento de bem-estar e paz.

Os praticantes de Reiki aprendem a meditação Gassho no primeiro nível de Reiki, essa técnica, ensinada por Mikao Usui, permite acalmar e focar a mente, aumentando a percepção, além de interiorizar todos os Cinco Princípios do Reiki.

Aquele que usa o Reiki para a prática da meditação, desenvolve uma mente desperta, ajuda entender o fluxo de energia, os seus efeitos e a aumentar a própria energia vital.

O método Hatsurei ho desempenha um papel importante na prática de Reiki no Nível III, sendo diferente de outras técnicas, pois é realizada através de gestos e palavras que se aplicam, consiste em nove fases, cada fase promove a limpeza e progressivamente vai abrindo os níveis de energia.

Durante a meditação Reiki, você foca na força de energia universal do Reiki em si mesmo e ao seu redor, sendo capaz de sentir, conectar-se e manipular a energia Reiki. Isso criará tranquilidade, cura e vitalidade no corpo, mente e alma.

A música pode ser utilizada, como um elemento complementar durante a meditação, ela poderá ajudar na concentração e no relaxamento.

Hoje em dia, há até um trabalho sendo desenvolvido em Danças Circulares Sagradas e Reiki, como um processo meditativo ativo.

Os mantras do Reiki podem ser entoados para manter o foco e acalmando os pensamentos, sendo recomendados principalmente no início da meditação e posteriormente mantendo-se o silêncio.

Os praticantes de Reiki devem aprimorar suas práticas de meditação para conseguir uma direção mais segura da sua transmissão energética.

A prática regular da meditação Reiki irá auxiliar na melhora do foco e despertar espiritual, além de aumentar as habilidades de cura para alcançar uma saúde holística.

Nosso planeta está passando por uma fase de rápidas e profundas transformações, estamos entrando em uma nova frequência vibracional.

Teorias apontam que ele está a caminho de uma Nova Era, havendo algumas definições desse novo momento da Mãe Terra: Era de Aquário, Quinta Dimensão, Gaia, etc.

Muito se fala na transição planetária, e a maioria afirma que a Terra está transmutando de um planeta de provas e expiação, para um planeta de regeneração. 

O Reiki está atuando nessa Grande Mudança, pois diversas linhagens Reiki estão amparadas por diversos Mestres, que trabalham em conjunto pela evolução da Humanidade, e para que isso ocorra, precisamos restaurar a “grade energética” de Gaia, o ser que é nosso planeta.

Os Cinco Princípios do Reiki auxiliarão na transição do padrão vibratório planetário, de maneira doce e suave para aqueles que se determinarem a entrar no fluxo das mudanças. 

Porém, será amarga e dolorosa para os que resistirem às mesmas. Também será mais dura para aos que se apegam em demasia às coisas materiais, já que na Nova Terra tudo será menos ligado ao material.

Devemos confiar no poder do Reiki, trabalhando com disciplina, determinação e amor, curando as feridas existentes, para revertermos o quadro atual, e instaurarmos uma nova consciência planetária baseada no amor e na compaixão.

Agora mais do que nunca é o momento de ação, de colocar em prática tudo o que aprendemos, com as provas e com os ensinamentos do Reiki. Não postergar para amanhã, estar à disposição para ajudar o próximo e realizar a verdadeira reforma íntima. Se questionar sobre os próprios atos, e fazer a maior beneficência possível.  

Temos um papel fundamental para auxiliar na transformação dessa realidade. À medida que mais e mais pessoas receberem o Reiki, e aceitarem sua filosofia, mais rapidamente vamos alcançar um mundo de paz e harmonia.

Um novo panorama nos aguarda. Tenhamos fé, muita fé no futuro da humanidade, pois estamos construindo um momento novo, onde há de se reinar a iniciativa do bem na coletividade que habita o planeta, e tão logo passe o período de conturbações, chegará o período de colhermos os frutos que plantamos com amor e dedicação. 

Sempre que percebermos locais que estão em desarmonia, podemos abrir o Sistema Reiki em enviar à distância para obtermos a cura e a regeneração da Terra.

O Amor Incondicional é um estado necessário para a prática do Reiki.

Ao agirmos com amor incondicional estamos vivenciando o quinto princípio de Reiki, “só por hoje, sou bondoso”. Bondoso para comigo, amando-me, sabendo que tenho que me cuidar antes de cuidar os outros. 

O Reiki é uma terapia humanizadora, uma grande demonstração de amor incondicional para com si e pelos outros. Existe um famoso provérbio japonês, nasake wa hito no tame narazu – O bem que fazes pelos outros é um bem que fazes a ti mesmo. 

Ser capaz de dar sem esperar receber em troca é uma virtude muito necessária na prática de Reiki. Esse é o significado do amor incondicional e não tem nada de simples a sua prática. 

O chakra cardíaco é o motor do Reiki, isto tem um certo sentido porque sem um coração predisposto, que requer uma mente vazia, a energia dificilmente flui. Assim, podemos ver as nossas mãos como asas do nosso coração. Neste sentido, há uma lógica em dizer que Reiki é amor incondicional, que é uma prática que requer, envolve, amor incondicional.

Ele não é feito para julgar e como Reikianos não podemos nos negar a aplicá-lo. Seja para quem for.

O amor ensina-nos que em primeiro lugar temos que ser bondosos para conosco, é por isso que Reiki é um método extraordinário, ajuda-nos a compreender em profundidade as nossas questões e as essenciais da humanidade.

Allan Kardec disse: “o Espiritismo não é obra de um homem. Ninguém se pode dizer seu criador, porque é tão velho quanto a criação. Ele se encontra por toda a parte, em todas as religiões e mais ainda na religião católica, e com mais autoridade que em todas as outras, porque nele se encontra o princípio de tudo: os espíritos de todos os graus, seus intercâmbios ocultos, e patentes com os homens…”

A doutrina espírita se caracteriza por meio da troca mediúnica com os espíritos. Os tratamentos e técnicas de cura como o Reiki, baseados nesse conhecimento, também são capazes de atuar no plano físico por meio da manipulação energética.

O Reiki constitui em um dos mais importantes “fatos espíritas” do século XX. Difundido no Japão, foi intuído pelo monge budista Mikao Usui e, em seguida, ganhou espaço nos Estados Unidos e Europa, e posteriormente chegando no Brasil na década de 80.

Para os Espíritas a “energia cósmica é inteligente” e responsável por realizar os tratamentos, mas há também a intervenção dos mentores.

No entanto, nas práticas de Usui, nunca foram citados mentores, mas os Ancestrais da linhagem, acreditando-se sim que esses Ancestrais estariam presentes nos auxiliando em cura no momento da aplicação.

O envolvimento da espiritualidade nos tratamentos com o Reiki, é um assunto polêmico, mas ao compreendermos que a missão da doutrina espírita é estudar a ação dos espíritos no mundo material ou sua vida após a morte, compreendemos também que o espiritismo pode nos ajudar a explicar as curas promovidas pela terapia com Reiki.

Embora o Reiki, esteja baseado em símbolos de captação e transformação energética, a compaixão, que é uma das máximas espíritas, também está presente.

Na Umbanda o Reiki se tornou um instrumento de trabalho maravilhoso que traz ótimos resultados, particularmente na cura, ligando o centro e seus trabalhadores diretamente com as energias Cósmicas por através de Mestres orientais, como se acredita.

O Reiki se liga aos trabalhos da Linha do Oriente no quarto nível vibracional, onde grandes mestres orientais se manifestam intuindo e direcionando seus médiuns. 

Desta linha emana toda a magia, conhecimentos e segredos que existem e são praticados na Umbanda, emana também o conhecimento das coisas que se perderam no tempo e foram recolhidas para o plano astral.

No Reiki aplicado na Umbanda, o médium é iniciado, ou seja, é ligado a egrégora de Mestres astrais que auxiliam e direcionam tais energias Cósmicas para curar, fazendo do médium um instrumento de ancoragem. Sendo assim, não há envolvimento emocional e nem pessoal em sua aplicação, porém, esta particularidade não o dispensa dos cuidados normais de um trabalho mediúnico.

No passe magnético o médium precisa acreditar que ele conseguirá ajudar através da doação de sua energia pessoal, e na aplicação do Reiki, o médium precisará compreender que é parte do Todo.

Tanto um como o outro, quando amparado pelo plano astral, resultam em grande ajuda e apoio nos tratamentos de cura realizados nos terreiros trazendo resultados animadores.

Compreende-se assim que o Reikiano será o canal por onde passará a energia da sabedoria universal para adentrar no campo áurico da pessoa equilibrando a força vital do mesmo. Diz-se que a energia emanada é tão sábia, por se tratar da Sabedoria Universal, que não há necessidade de pedir nada, por que a própria energia sabe onde deverá agir naquele que está recebendo o tratamento.

Para que o médium seja um bom canal desta energia é necessário que ele se encha de amor. Quanto mais compaixão e sentimento fraterno ele tiver, mais pura será essa doação energética. 

Em princípio, embora o Reiki não tenha ligação religiosa, nada há contraindicação em um Mestre de Reiki oferecer cursos nas instalações de um Centro Espírita (Umbanda, Mesa Branca, etc.).

O Reiki poderá auxiliar o umbandista em sua caminhada espiritual, pois aumentará sua concentração, principalmente devido à prática da meditação e seus chackras terão suas aberturas aumentadas em razão das autoaplicações.

O orixá que acompanha o médium não terá influência nos efeitos do Reiki, o que é importante é quanto de amor o terapeuta/médium, neste caso, está disposto a doar.

Durante uma sessão de Reiki na Umbanda é solicitada a presença de São Miguel Arcanjo, do Mestre Mikao Usui e mestres ascensionados para promoverem o suporte e auxílio para a eficácia do tratamento. Mas não há uma falange específica para o Reiki na Umbanda.

O que diferencia o Reiki da Umbanda é a capacidade energética de receber e absorver as energias negativas.

O Reiki na Umbanda trará a expansão da consciência, principalmente aquela que independente de sua religião, práticas ou escolhas, somos filhos do mesmo Pai, parte de sua imensa criação e responsáveis pelo amparo à todos irmãos necessitados.

A Umbanda também é uma religião que tem como base a caridade e como Reiki é uma prática terapêutica que tem como seu maior fundamento o amor incondicional, ambos podem caminhar juntos em auxilio dos necessitados.

Reiki é uma religião? Apesar de ter suas origens no budismo, xintoísmo e hinduísmo, o Reiki não é uma religião. Também não é vinculado a qualquer religião específica. Todos podem manter as suas crenças e ainda assim serem beneficiados pela terapia Reiki. A Energia Reiki é inteligente, e agirá nos pontos e na intensidade necessária para a pessoa naquele momento, de forma a restaurar o equilíbrio mental, espiritual, emocional e físico. 

Nada impede que existam crenças, superstições e rituais durante a prática, ou mesmo uma combinação de procedimentos, pois é possível aliar técnicas e ferramentas diferentes do Reiki, com outras, para auxiliar no processo de cura.

Algumas religiões incorporam o Reiki, pois ele atuará de maneira complementar nos tratamentos e curas.

O Reiki pode ser visto sim como uma filosofia de vida, enquadrando-se no que chamamos vitalismo, pois promove energia para órgãos e corpos sutis para se autocurarem e se regenerarem, sendo uma filosofia de vida construtiva, que segue os Cinco Princípios, “Gokai”, e eles têm como objetivo proporcionar bem-estar, aliviando os sintomas do estresse, dores crônicas, favorecer a cura de doenças e propor uma melhor qualidade de vida.

O Reiki é também considerado uma terapia integrativa e complementar que concorre para a renovação espiritual dos seres humanos. Através das práticas de cura pela imposição das mãos, ela concede uma nova roupagem de conhecimento como parte da medicina natural através de seus terapeutas.

Médium é o intermediário entre a mensagem oriunda de uma dimensão espiritual e a dimensão material. Dimensão essa em que nos encontramos todos nós, os encarnados.

Mediunidade é uma capacidade natural de todos os seres humanos. Todos nós já passamos por experiências mediúnicas, ou conhecemos alguém que passou por algo inexplicável. Algumas vezes, a mediunidade se manifesta de uma maneira tão leve, que nem percebemos que ela está atuando.  

O Espiritismo é uma das disciplinas científicas que podem ajudar a explicar as curas e benefícios que acontecem durante um atendimento de Reiki, esclarecendo, através da própria consulta aos Espíritos que atuam nessa prática espiritualista, como é que eles manipulam a bioenergia disponibilizada pelos atendentes, e realizam as curas nos clientes em razão de seu merecimento. 

O Reiki é um método de cura natural, assente em cinco princípios e 21 técnicas tradicionais, que promovem a elevação da consciência e o cuidado físico, mental, emocional e energético da pessoa. O espiritual no Reiki é a essência de cada pessoa e o universo.

A resposta para a pergunta título, é não. O Reiki não exige qualquer mediunidade ou conhecimento prévio para se tornar um Reikiano. O Mestre Mikao Usui disse que o verdadeiro Reikiano deve apenas seguir os cinco princípios do Reiki em todos os momentos de sua vida.

Pode um médium praticar Reiki? Claro que sim!

O Reiki é receptivo a todo aquele que aceitar sua filosofia, e no caso de médium, ele irá proporcionar o equilíbrio das energias e de seus chakras, além de auxiliá-lo na percepção e no uso adequado de suas capacidades mediúnicas. O médium que se tornar Reikiano irá compreender melhor os fenômenos e regras quem o envolvem, será mais receptivo às energias, e será capaz de receber e transmiti-las com mais preparo e propriedade.

O Reiki vai além de uma técnica de cura, ele é um caminho de crescimento individual e coletivo para todos.

Sempre que falamos sobre técnicas de imposição de mãos, não há como não ligar o Passe Espírita e o Reiki. Basicamente a técnica de imposição de mãos é um meio pelo qual através da postura das mãos, tocando ou não, em um indivíduo, conseguimos transmitir-lhe energias e fluídos benéficos, para que lhe seja reequilibrado o sistema energético e traga-lhe a homeostase espiritual e energética. 

O Passe mediúnico, o Reiki e outras técnicas de imposição de mãos, deveriam ter a mesma função, mas não, apesar de possuírem, aparentemente, um efeito similar, seus processos são bem distintos.

Passe é uma transmissão conjunta, ou mista, de fluidos magnéticos – provenientes do encarnado e de fluidos espirituais – oriundos dos benfeitores espirituais, não devendo ser considerada uma simples transmissão de energia animal.

A aplicação do passe tem como finalidade auxiliar a recuperação de desarmonias físicas e psíquicas, substituindo os fluidos deletérios por fluidos benéficos; equilibrar o funcionamento de células e tecidos lesados; promover a harmonização do funcionamento de estruturas neurológicas que garantem o estado de lucidez mental e intelectual do indivíduo.

O passe é normalmente transmitido pelas mãos, mas também pode ser feito pelo olhar, pelo sopro ou, à distância, por intermédio das irradiações mentais. 

A transmissão e a recepção do passe guardam relação com o poder da vontade de quem doa as energias benéficas e de quem as recebe.

A cura verdadeira das doenças está relacionada ao processo de reajuste do Espírito, que pode extrapolar o limite de tempo de uma reencarnação, sendo o passe apenas um instrumento de auxílio.

Para prevenir-se contra enfermidades ou perturbações, não previstas na Lei de Causa e Efeito, é necessário que a pessoa defina e siga uma programação de melhoria moral, de esclarecimento espiritual.

O Reiki é uma técnica de harmonização através da imposição de mãos que preza por recompor as energias perdidas ou em desequilíbrio para seu estado natural e vitalizador. É uma das técnicas integrativas que compõe a Naturopatia e existem diversos sistemas diferentes de aplicação, porém o mais popular e tradicional é o sistema Usui.

Através da imposição de mãos, os terapeutas ou Reikianos servem de canal condutor para a Energia Vital Universal, assim podendo direcioná-la para quem precisar, restabelecendo a harmonia e o equilíbrio energético do ser vivo. 

O Reiki vai atuar com ou sem a presença de benfeitores da espiritualidade. Os Reikianos ligados ao espiritismo acreditam que o auxílio espiritual é uma consequência, ou seja, aonde quer que uma prática de cura energética esteja sendo exercida, mentores de cura serão atraídos e poderão, se acharem apropriado auxiliar. Na visão espírita, acredita-se que a essa terapia envolva o mundo espiritual através de uma equipe de médicos desencarnados, preparados para a função de socorrista.

A origem da energia do passe mediúnico pode ser de origem espiritual, magnética ou mista. Quando a origem é magnética, a energia é formada pelos próprios fluídos vitais do médium. A energia espiritual vem do Cosmo, e é captada com a ajuda de mentores espirituais. Nesse caso, a energia captada pelo passista e pelo Reikiano é a mesma: a Energia Primordial Cósmica (Rei). O passe misto é uma combinação de origem espiritual e magnética.

Existe diferença também na metodologia, na técnica de trabalho e no tempo de aplicação de ambos. 

O Reikiano não perde energia. Ao passo que no passe isto pode acontecer por causa das presenças ectoplásmicas. 

O Reiki surge como uma prática que irá auxiliar-nos para o alcance da tão desejada felicidade.

O Mestre Mikao Usui disse: “A missão do Reiki é guiar para uma vida pacífica e feliz, curar os outros, melhorar a sua felicidade e a nossa”.

A filosofia do Reiki é uma prática que tem por objetivo nos levar à elevação e majoração da consciência, retirando medos e bloqueios, desenvolvendo nosso próprio eu, com liberdade, verdade e amor. Sendo um caminho cheio de ensinamentos, reformas e paz.

Os Reikianos têm como missão ser um instrumento de transmissão de energia vital do universo, por meio da imposição de suas mãos, sempre a favor do bem.

O Reiki tem como missão o alcance do equilíbrio, harmonia e consequentemente, uma vida pacífica e feliz, e para isso as ações a serem tomadas são:

  1. Receber o Reiki sempre quando necessitar;
  2. Praticar a meditação Reiki de autoaplicação;
  3. Aumentar a Energia Vital;
  4. Auxiliar aos outros e a si próprio;
  5. Realizar a compreensão dos nossos limites e propor uma reforma íntima;
  6. Considerar-se ao mesmo nível de todos;
  7. Não julgar os atos alheios;
  8. Aceitar sua energia, tratando-a para elevá-la;
  9. Entregar-se a filosofia do Reiki e praticar seus princípios diariamente;
  10. Cultivar bons pensamentos e afastar-se dos negativos.

Estas ações e pensamentos, combinados com AMOR, geram equilíbrio no lugar da dor e ajudam a gerar novas e boas energias onde não havia.

No Reiki, a Energia Universal se compõe de inteligência que tem sua origem na centelha da luz divina (energia), a vida que tem origem divina (matéria), a emanação do raio espiritual da energia divina (fóton). Se a física quântica é matéria=energia=fóton, então energia Rei é formada da mesma essência, o sistema de luz quântico vindo da mesma fonte=Energia Universal, sendo também divina, mas ainda possui uma interligação.

Entre o que se considera inteligente ou energia divina e a energia universal Rei, existe a energia chamada de Éter Vital. Éter Vital é a energia que transporta e transforma, e é mantida pela sabedoria universal. Portanto Reiki é um sistema de Luz quântico integrado por energia inteligente, apenas uma centelha do sistema é luz divina. A energia Vital tem todas as possibilidades de ser a Energia Divina, que no entendimento dos Reikianos, é a chamada energia inteligente.

O terapeuta Reikiano passa a ser um canal para que as energias sutis possam trabalhar e harmonizar os processos em desequilíbrio que se façam necessários. No momento que conseguimos o equilíbrio energético, facilmente se constata a melhora na saúde e bem estar do cliente, porém sempre orientamos que o tratamento médico convencional deve ser mantido e que o Reiki irá atuar de maneira complementar, e que jamais irá substituir terapias alopáticas. 

Depois da sintonização/iniciação nos tornamos canais dessa Energia Cósmica e conseguiremos focá-la para a área afetada, gerando vibrações que eliminam os bloqueios.

Com muito estudo, dedicação e disciplina o Mestre Usui conseguiu ligar a Energia Universal (Rei), que vibra na Quinta Dimensão, com a Energia de Vida (Ki), que vibra de acordo com a frequência em que cada ser humano se encontra.

O planeta Terra está deixando para trás a fase cármica de Provas e Expiações e está caminhando para o ciclo de Regeneração, onde somente espíritos de frequências vibracionais elevadas poderão continuar na face do planeta, devido a uma questão de compatibilidade, é a chamada Era de Peixes e Aquário.

A manifestação da energia amorosa é a essência da Quinta Dimensão. Nessa dimensão é possível ultrapassar os planos densos das formas de pensamento do inconsciente coletivo, podendo abrir possibilidades que somente agora começamos a descobrir.

O Reiki auxiliará no alcance da Nova Dimensão, essa técnica de cura e harmonização possui como virtudes, o fato de ser simples e eficaz.

Os Mestres de Reiki sonham que cada família possua ao menos um Reikiano, pois assim garantiríamos uma maior manifestação da energia da Quinta Dimensão no planeta Terra.

Nem todos os seres encarnados na Terra hoje irão para a Quinta Dimensão. Cada um escolhe por vibrar as frequências que deseja, esse é o livre arbítrio. Temos que ter compaixão com aqueles que ainda não despertaram para o amor, um dia todos acordarão. 

O Reiki irá auxiliar nas transmutações de nossos corpos mental, espiritual, além de ajudar nas adaptações vibracionais que o planeta Terra está passando.

O Reiki eleva as vibrações e manifesta uma nova realidade para se estabelecer uma Nova Era plena e de energia amorosa. A Quinta Dimensão está disponível a todos, o Reiki é um dos caminhos.

Em 2017, o Reiki obteve o seu reconhecimento oficial no Brasil como profissão isolada.

Fruto dos benefícios alcançados pelo Reiki, tal aprovação representou uma grande conquista para todos os terapeutas Reikianos no Brasil.

O Reiki foi enquadrado dentro das atividades de práticas integrativas e complementares em saúde humana, recebendo o código 8690-9/01 da CONCLA (Comissão Nacional de Classificação), órgão responsável pela classificação de profissões e ligado ao Ministério do Trabalho e ao IBGE.

Assim como diversas práticas integrativas, o Reiki passou a fazer parte da Tabela de Procedimentos do Sistema Único de Saúde na categoria de “ações de promoção e prevenção em saúde”.

Alguns estados e prefeituras já promovem contratações, editais e concursos, disponibilizando vagas de Terapeutas Reikianos, para atuarem no sistema público de saúde.

Existe uma grande polêmica acerca da cobrança do tratamento. Muitos alegam que ao cobrar ocorre o distanciamento do real propósito do Reiki, já que recebemos gratuitamente a energia cósmica universal.

Um profissional sério e comprometido com os princípios e objetivos do Reiki, necessitará de esforço e disciplina em seus estudos e práticas, para poder atuar de maneira eficiente.

Deverá ainda manter um espaço adequado e preparado para o atendimento de seus clientes.

Vimos também que o profissional de Reiki deverá arcar com diversos encargos e obrigações, pois caso contrário estará trabalhando de maneira ilegal.

Diante de todo exposto, e visto que hoje é aceito como profissão, cabe ao Terapeuta verificar se quer ou não cobrar por seus serviços, pois terá custos com o local e em razão das obrigações legais para trabalhar que o Terapeuta Reikiano deverá cumprir.

Como qualquer outro trabalho, o Reiki pode ser feito de forma altruísta para carentes e necessitados, ou conforme o entendimento do profissional, atingindo assim o maior número de pessoas com a Energia Vital.

A reforma íntima é um processo que tem por objetivo mudanças relativas a diversos sentimentos, atitudes e comportamentos negativos.

Ela não acontece da noite para o dia. Requer tempo, disciplina e esforço permanente de nossa parte. Resignação e luta contra nossas próprias tendências inferiores e principalmente estar vigilante para seus defeitos e ter foco na tarefa de se melhorar.

O Reiki vem auxiliar nessa mudança, pois ele tem como alguns de seus focos, o cuidado com o corpo, a mente e o espírito.

Emitindo uma energia poderosa e de cura natural, o Reiki ajuda as pessoas a alcançarem o equilíbrio espiritual e a elevar seu padrão vibratório.

O Reiki atuará de maneira complementar na cura dos males da alma ou do corpo físico, e também demandará um esforço da nossa parte. Esse esforço é necessário e será preciso o tempo de mesma proporção.

O Reiki, através de seus princípios e objetivos, nos oferece a chance de alterar ações e comportamentos que dificultam o alcance de uma vida feliz e do nosso adiantamento moral e espiritual.

Ao colocarmos essas novas práticas em nossas vidas, estaremos realizando uma reforma que também irá nos auxiliar no enfrentamento das adversidades impostas pela vida, e ao alterarmos nossa faixa vibratória positivamente, fortaleceremos a nossa imunidade física e espiritual, criando hábitos e atitudes saudáveis em todos os aspectos.

A reforma começa pelo conhecimento de nós mesmos, descobrindo nossos limites, nossas imperfeições, mudando nossos pensamentos, palavras e ações.

É importante também adquirirmos bons hábitos como meditação, alimentação saudável, oração e estudo edificante. 

Sabemos que é importante aplicarmos as técnicas do Reiki, mas também é essencial fazer a reforma íntima, fazendo uma permanente reflexão sobre os nossos próprios padrões de pensamentos e comportamentos, identificando o que deve ser modificado para nos tornarmos bons Reikianos.

Crianças e idosos podem ser grandes Reikianos, pois essa técnica depende mais do amor incondicional do que da idade do terapeuta.

Qualquer pessoa, desde que iniciada por um Mestre, pode aplicar o Reiki.

Note que cada vez mais presenciamos crianças cheias de mediunidade, com fortes valores sociais, com seus espíritos voltados contra desigualdades e desde cedo vindos com missões cada vez mais lindas. Elas vêm trazendo suas habilidades para implantarem a Nova Era.

Ao colocarmos nossas crianças em contato com a Energia Vital desde cedo, elas receberão grande auxílio no alcance de uma vida feliz e pacífica.

Diante dessa realidade, o Reiki oferece grande ajuda nesse objetivo, através de sua prática e princípios.

Existe muita dúvida e polêmica em relação ao Reiki em crianças, principalmente quanto a iniciação das mesmas.

O Reiki não possui contraindicações e é recomendado para todos; a idade adequada para a iniciação de crianças no Reiki é a partir dos 5 anos. As crianças estão apenas começando na vida e são nosso futuro, portanto, deveriam ser os primeiros a serem iniciados para receberem os benefícios, terem uma melhor qualidade de vida e mudarem o mundo que vivem.

A criança Reikiana aprende desde cedo a lidar com as próprias energias e a manter-se equilibrada diante das situações difíceis do dia-a-dia, a se proteger, e proteger seu espaço.

Quando uma criança é sintonizada no Reiki, observamos a sua extraordinária capacidade de entendimento, fraternidade, senso de união, amizade, capacidade de perdão e respeito ao próximo.

Uma criança Reikiana possui um melhor uso do cérebro, como o fortalecimento da memória, da concentração, da criatividade e do aprendizado. 

A prática do Reiki faz que quando adolescentes, elas tenham mais facilidade em superar suas dúvidas, e estão mais capacitadas a fazerem suas escolhas profissionais e de relacionamentos. Na adolescência as crianças Reikianas atravessam tal fase de forma bastante equilibrada, com redução de crises e sofrimentos, pois terão maior capacidade em enfrentar tais situações e sentimentos.

Devemos incentivá-las na prática do Reiki, mas esse estímulo deve sempre respeitar a vontade e o livre arbítrio das mesmas. 

Nesses seres repletos de luz, depositamos todas as nossas esperanças no futuro do nosso planeta, que vem passando por tantas mudanças vibratórias, caminhando para uma reforma ainda maior.

Segundo estudos realizados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a população idosa brasileira irá triplicar até 2050, alcançando mais de 66 milhões de pessoas. Já no ano de 2030, o número de pessoas acima dos 60 anos irá superar o de crianças brasileiras.

Devido essas informações, cresce a preocupação com a qualidade de vida dos idosos, sendo um tema recorrente nos próximos anos.

O Reiki é uma técnica terapêutica que pode dissolver padrões cristalizados. Indolor, tranquila e amorosa, a cada sessão de Reiki percebe-se mudanças dentro daquilo que é capaz de lidar. Aos poucos ficamos menos suscetíveis a opiniões externas, redimensionamos expectativas, criamos mais força pra encarar as coisas como são e nos permitindo novos sonhos.

O equilíbrio e a energia tranquila que o Reiki promove nos permite enxergar as coisas boas de cada uma das fases da nossa vida. Alguns clientes passam a classificar a fase pós-60 como a “melhor idade” porque percebem que não possuem tantas responsabilidades como antes: os filhos já estão criados, já estão aposentados, etc. 

A pessoa que consegue o equilíbrio, mais fácil fica se adaptar e viver de forma mais tranquila nessa nova fase. O Reiki é uma terapia fantástica nesses casos, pois fortalece a parte física, dá mais ânimo e disposição pra enfrentar as mudanças, conecta o idoso a si mesmo, e por isso permite fazer escolhas mais conscientes.

O Reiki em idosos pode ser extremamente benéfico, principalmente em casos em que a velhice é tratada com descaso, seja pelos familiares ou pelo sistema de saúde. 

Com sua estrutura mental e emocional abalada, é comum que o corpo reaja negativamente, facilitando o aparecimento de doenças ou dificultando em muito a cura de males já existentes. Mesmo que tenham alguma companhia ou cuidadores, às vezes elas não suprem o desejo de carinho apresentado pelos idosos. 

É aí que entram os benefícios que terapias como o Reiki podem oferecer, sendo ele uma opção muito viável quando comparada a outras terapias que poderiam trazer alívio e alento. Idosos muitas vezes podem encontrar barreiras psicológicas para se submeter a uma massagem, por exemplo, por terem de despir boa parte de suas roupas, mas com o Reiki isso já não acontece, e ele pode ser igualmente benéfico para aliviar diversos tipos de dores.

As sessões de Reiki são realizadas enquanto o cliente permanece deitado, sendo o ideal para a maioria dos idosos.

A técnica do Reiki pode atender diversas necessidades dos idosos, como tratar distúrbios do sono, muito comuns nessa fase. O Reiki também pode ser utilizado no pré e pós-operatório dos idosos, fortalecendo e auxiliando-os na recuperação.

Idas visitas frequentes a hospitais e internações podem abalar o lado psicológico, mas também pode ser amenizado através do Reiki, pois ele promove alívio, criando uma aura mais estável e ampliando a autoestima e confiança.

Nos idosos que não apresentam quaisquer enfermidades ou limitações, o Reiki é uma excelente terapia complementar que causará mais bem estar, conforto, além de aumentar a disposição para executar as tarefas do cotidiano, como se tivesse vários anos a menos.

O Reiki pode combater quadros depressivos, ajudando a acalmar e relaxar o sistema nervoso dos idosos. Assim como a artrite presente na vida de muitos idosos, o Reiki apresenta ótimos resultados para aliviar as dores nas articulações e musculares. 

A Terapia Reiki fortalece o sistema imunológico, dificultando o aparecimento de doenças, ou durante tratamentos, fazendo com que o idoso responda de uma forma mais positiva à medicina tradicional, muitas vezes até mesmo reduzindo a duração da medicação.

O idoso que recebe o Reiki pode ter aumento de sua vitalidade, da energia e da agilidade mental, causando uma sensação de contentamento. Ajuda também a relaxar músculos tensos, melhora a circulação e coordenação, facilita a respiração, acalma o sistema nervoso, proporcionando tranquilidade e paz.

Nos clientes idosos que apresentem um quadro irreversível ou de doença terminal, o Reiki pode ajudá-lo a realizar uma passagem mais serena.

Independentemente da idade, o Reiki pode contribuir a todos e de diversas maneiras, basta aceitarmos essa energia de amor incondicional em nossas vidas e usufruir de todos seus benefícios.

Na Terra e em outros mundos, o espírito reencarna várias vezes para atender às necessidades de aprendizado e evolução, que conduzirão o espírito ao pleno domínio de si mesmo e à perfeição relativa, uma vez que a absoluta só é encontrada em Deus. 

Enquanto o ser está encarnado, o perispírito liga-se ao corpo físico por ligações sutis, célula a célula e, com maior intensidade, em locais que correspondem no perispírito aos chacras. Quando o início do processo de desencarnação se dá, essas ligações vão sendo aos poucos rompidas até que o perispírito encontre-se outra vez completamente livre.

Após a passagem para o Plano Superior todos os espíritos poderão receber auxílio vindo do Plano material, seja para a adaptação ou durante a estada no Plano Espiritual.

Essas ajudas podem ser realizadas de diversas maneiras, através de preces, orações e também do Reiki. 

O Reiki pode ajudar aquelas pessoas que passaram em nossas vidas, e que não se encontram mais nesse mundo físico e material.

Ele não funciona baseado na nossa crença. Ao fazer uma iniciação nos tornamos canais de energia Reiki, e ela vai fluir independente de nós.

A partir do nível II aprendemos a enviar Reiki à distância, tanto para os antepassados como para qualquer pessoa que já atravessou a linha da vida para o outro lado, assim como para nós mesmos em outras vidas. 

O Reiki não tem limite, desde o segundo nível, quando aprendemos a usar o terceiro símbolo Hon Sha Ze Sho Nen temos possibilidades de harmonizar qualquer pessoa independe de onde ela esteja. 

O Reiki vai ajudar o desencarnado para:

– Ter um avanço em seu adiantamento moral (mudança de comportamento e auxiliando na reforma íntima);

– Redução dos males e dores da alma (nesse caso de mortes causadas por acidentes e mortes violentas, já que essas geram deformações nos corpos sutis);

– Equilibrar todo o emocional (os desejos, vontades, medos e problemas emocionais que não são de nosso corpo físico);

– Aumentar a consciência (possibilitando que o espírito deseje novos objetivos e busque novos caminhos);

– Ajudar no resgate (quando o espírito se vir vagando inconscientemente pelas dimensões inferiores).

Seres desencarnados precisam e muito de energia. Precisam também de auxílio e amparo, mas devem-se tomar certos cuidados antes de enviar Reiki para um desencarnado ou irmão sofredor, como:

– Solicitar a ajuda dos mentores espirituais como Anjo da Guarda, guia espiritual, seres de luz, etc.;

– Realizar prece direcionada ao irmão desencarnado e pedir pelo seu aprimoramento moral;

– Fazer prévia autoaplicação sempre, meditando os princípios do Reiki, causando um sentimento de harmonia para o tratamento.

O Reiki vai atuar sobre todos os corpos que compõem a consciência, e não apenas sobre o corpo físico, com isso ele pode agir em outros Planos ajudando os desencarnados. Podemos ter 4, 7, 49 ou mais corpos, a energia do Reiki pode complementar todos. 

Sendo por uma intuição ou por um pedido direto de alguém, fazer o envio de Reiki para um espírito é algo tão necessário quanto natural.

Independente de o desencarnado ser um familiar próximo, um parente distante, um amigo ou um desconhecido, a energia do Reiki estará sempre disponível a ajudar qualquer irmão necessitado.

A desobsessão é um processo de limpeza espiritual que tem por objetivo retirar espíritos, encarnados ou desencarnados, perturbados ou vingativos, os chamados obsessores, que estejam de alguma forma prejudicando a vida de uma pessoa. 

Muitas vezes estão revoltados, e cheios de ódio e rancor; ou em profundo sofrimento. Ao final da desobsessão os espíritos são expulsos ou encaminhados aos locais de tratamento ou hospitais no plano astral superior. Durante a sessão de desobsessão, a retirada do espírito obsessor pode ser feita de maneira firme e determinada, mas jamais deve ser realizada com ofensas ou qualquer atitude desrespeitosa.

A obsessão pode ter origem na vida atual, ou de existências passadas. 

O doutrinador é aquele que conduz o trabalho de desobsessão, ele orienta a desobsessão juntamente com os médiuns, que são os intermediários entre o doutrinador e a entidade obsessora. O doutrinador deve possuir conhecimento da codificação, moral ilibada e ser virtuoso e caridoso, pois caso contrário será alvo fácil dos obsessores. Ataques espirituais a doutrinadores e médiuns, que realizam frequentemente a desobsessão são muito comuns.

Muitas obsessões são causadas pelo estilo de vida ou padrão vibratório que a pessoa se encontra.

O Reiki é energia quântica que promove uma transformação energética no organismo, além de funcionar como catalisador que acelera a velocidade das reações bioquímicas envolvidas no processo de cura natural do corpo.

Em nível celular, o Reiki promove a limpeza das energias deletérias instaladas. Também promove a retirada de todo conteúdo tóxico que estiverem presentes nos átomos e moléculas, ampliando o processo bioenergético dos quatro corpos sutis: espírito, físico, emocional e mental do cliente.

Todos esses benefícios do Reiki demonstram que ele poderá atuar como um auxiliar nas interferências espirituais, que podem possuir diversas origens: inimigos espirituais desencarnados desta e de vidas passadas; obsessores encarnados e desencarnados; parentes falecidos (que mesmo sendo amigos, mas que permanecem próximos, e sem saber atrapalham a vida do assistido); processos ckármicos negativos vidas anteriores; trabalhos, implantes e objetos de magia negra; decretos e maldições; energias psíquicas (formas/pensamentos) e emocionais negativas; interferência dos líderes das sombras e seus seguidores.

Reiki é uma excelente terapia para realizar mudanças de padrões vibracionais, independe de credo, ele vai trazer diversos benefícios para vida física, emocional, mental e espiritual e como é uma forma de mudança de conduta, e isso irá afastar toda negatividade, sentimento que deixa o cliente totalmente aberto à ação de obsessores.

Os símbolos reikianos possuem papel essencial no auxílio da desobsessão. Eles agirão em todos os corpos do cliente, e auxiliarão no afastamento de seres menos esclarecidos que desejem permanecer em ambientes com o intuito de obsediar.

Sei He Ki é um dos mais versáteis símbolos do Reiki, e atua sobre uma imensa gama de possibilidades inclusive, de tratar casos de desobsessão.

O Dai Ko Myo (Nível III) funciona com um “aspirador” sugando as energias obsessoras e encaminhando-as.

A Serpente de Fogo (Símbolo do Mestrado) é um outro símbolo que abre o sistema de chacras permitindo assim que a energia Reiki flua no cliente. Significa “Restabelecendo o Canal de Energia Vital Cósmica”. Ela representa a “serpente adormecida” enrolada na base da espinha – a Energia Kundalini – e a cada uma das seis curvas do corpo da serpente, correspondem os seis chacras principais superiores, relacionando-se o primeiro chacra (Chacra Básico).

 Ela rompe conexões de energias inferiores. Desbloqueia e equilibra o Chacra Coronário. Limpa o canal Sushuma (ao longo da coluna) e vitaliza os chacras, além de promover a assepsia nos canais elétricos do corpo.  

A Serpente de Fogo tem muitas aplicações, inclusive para tratar problemas espirituais com obsessores ou intrusos, ela impede que eles se aproximem, e também atua em ambientes queimando energias deletérias e formas pensamentos.

O assistido quando passa a receber o Reiki muda seus pensamentos e comportamentos, consequentemente seu padrão vibratório também será alterado, dificultando a permanência e ataque de obsessores.

Diante de todos os benefícios obtidos pelo Reiki, concluímos que ele é um grande aliado no tratamento da desobsessão, atuando de maneira complementar e eficiente, com outras técnicas de afastamento de obsessores.

Os religiosos norte-americanos insistem em dizer que o Reiki não possui comprovação científica para ser usado como um meio natural de cura. Afirmam que as práticas utilizadas ​​não são baseados em estudos médicos, mas na crença em um poder espiritual, e mesmo os reikianos acreditarem que esse poder vem de Deus, a técnica do Reiki não está de acordo com a cura divina, como relatada na Bíblia Sagrada.

Acreditam também que para alcançar a cura divina, somente pode ocorrer através de preces e orações direcionadas a Cristo, e que a essência do Reiki não é uma oração, mas uma técnica que é passada do “Mestre de Reiki” para o aluno, uma técnica que uma vez dominada produziria de forma confiável os resultados esperados. 

Alguns padres e bispos no Brasil também estão criticando e dizendo que o Reiki é uma espécie de magia branca, e mesmo que possa parecer que ele poderia ser usado em um contexto cristão, sua origem e ensino espiritual central estão em desacordo com o cristianismo, e podem levar uma pessoa para longe de Deus, invocando poderes espirituais alternativos para produzir um resultado desejado.

Como podemos constatar os estudos científicos têm aumentado e o Reiki não teria alcançado tantas conquistas e reconhecimentos da sociedade se não demonstrasse sua eficiência.

Vivemos em um momento repleto de muito preconceito e intolerância, muitos criticam e apontam sem qualquer conhecimento ou base. Nos deparamos, cada vez mais com opiniões absurdas, mas que ganham força dentro de uma sociedade, que muitas vezes as aceitam de imediato, sem a devida comprovação. 

Devemos ter muita cautela a qualquer informação, essas críticas têm como objetivo tirar a credibilidade do Reiki, uma vez que cientificamente já foi comprovada a sua eficiência.

Portanto, não há nenhum perigo real e atender com o Reiki.

A gravidez é um momento de muita felicidade para a futura mãe, mas esse período pode causar diversas mudanças físicas e psicológicas, antes e após o parto. A mulher durante esse período delicado, pode ter dores, inchaços, problemas circulatórios, pressão alta, diabetes etc.

Muitas gestantes estão encontrando no Reiki, uma técnica que ameniza esses sintomas e problemas, assim como a reposição energética, equilíbrio da mente e espírito, bem-estar e serenidade, durante os nove meses de gestação e após o nascimento do bebê.

O Reiki consiste em uma terapia que se baseia na manipulação de energias e no equilibro entre os fluxos energéticos que percorrem o corpo humano, e por essas e outras, não é preciso grandes esforços para perceber que a técnica é capaz de proporcionar muitos benefícios ao longo da gravidez, em possuir qualquer contraindicação para a grávida ou o bebê.

A energia utilizada no Reiki é pura, repleta de amor, que traz inúmeros benefícios tanto para a mãe, para o bebê e para as pessoas que estão ao redor.

O Reiki é uma energia universal, promotora da homeostase, poderá auxiliar a grávida em todo o seu processo de gestação. Mais do que isso, poderá auxiliar toda a família a encontrar equilíbrio, revitalização e saúde. 

Essa técnica maravilhosa auxilia a equilibrar as deficiências e excessos de energia. No caso da gravidez auxilia a mãe na gestão ou eliminação de sintomas, em toda a gestação O Reiki pode também funcionar de forma profilática. Cuidar constantemente do corpo físico, mental e emocional eleva a capacidade de resposta da pessoa às suas alterações, ao longo da gestação, dando uma gravidez muito mais serena.

A prática de Reiki auxilia a grávida a relaxar, assim como auxilia o corpo a encontrar o seu equilíbrio, reduzindo ou mesmo eliminando dores e desconfortos tão comuns na gravidez. 

Reiki é uma terapia complementar que auxiliará todo o processo médico que acompanha a grávida. Para o final da gravidez, o Reiki tem um impacto muito positivo sobre o cansaço e diversas questões psicológicas que surgem.

Se a grávida puder aplicar em si mesma, poderá gerir melhor alguns dos sintomas típicos. Ajudará a estabelecer uma maior relação entre si e o bebê, num processo envolvente de partilha consciente. 

O Reiki também é considerado como um processo de amor incondicional. Esse ato carinhoso de autocuidado e de trato com o feto, tem efeitos positivos no campo emocional da mãe e do bebê.

A ação do Reiki será realizada da seguinte maneira, a não ser que o bebê necessite a energia do Reiki, irá para a mãe, pois o Reiki flui para onde é necessário, para onde haja excesso ou deficiência de energia. Neste caso, quem está nessa situação de forma mais constante é a mãe. Por isso o terapeuta não tem que se preocupar, ele deve deixar fluir a energia, sentir para onde ela vai e depois analisar no final da sessão, avaliando com a cliente as sensações e os resultados.

Após o parto, as sessões de Reiki irão ajudar a mãe a encontrar o seu equilíbrio, compensar a ausência de sono e fadiga. Após uma sessão de Reiki é habitual a mãe sentir-se serena e revitalizada, como se tivesse dormido um bom sono. Todo o seu corpo é revitalizado, além de que a parte emocional e mental também é equilibrada.

O bebê poderá também receber Reiki, principalmente se um (ou os dois) pais forem praticantes, já que ele ajudará no tratamento das cólicas, irritabilidade ou alguma instabilidade emocional, além de promover saúde emocional e espiritual.

O Reiki é uma eficiente terapia complementar de prevenção, equilíbrio, e na redução das reações causadas pela gravidez, mas a Medicina convencional deve sempre acompanhar a mãe e o bebê desde a gestação, no nascimento e no período pós-parto. 

Os principais benefícios do Reiki:

–  Fortalece todo o sistema imunológico da mãe e do futuro bebê.

–  Reduz o estresse e o cansaço;

–  Estimula o desenvolvimento do bebê;

–  Diminui as dores nas juntas, joelhos, coluna ou músculos;

–  Aumenta os laços entre mãe e filho;

–  Mantém o corpo e mente equilibrados;

–  Age na depressão pós-parto e baby blues;

–  Equilibra os níveis de ansiedade;

–  Tranquiliza o bebê;

–  Prepara para o parto;

–  Evita os enjoos;

–  Recupera em caso de perda de gravidez;

–  Prepara física e mentalmente a mãe para o parto e para o nascimento;

– Eleva a autoestima, proporciona equilíbrio entre corpo físico, mental, emocional e espiritual, deixando assim o período gestacional mais tranquilo, calmo e estável.

O atendimento de Reiki para grávidas pode ser feito presencial ou também à distância. 

A recuperação pós-parto é bem mais confortável com o Reiki, ele diminui as dores, o estresse, a ansiedade, as expectativas e as inseguranças. A mamãe se harmoniza e adquiri confiança para o início da sua nova vida, ao lado de seu bebê.

O pai também faz parte de todo esse importante processo, e poderá também começar a ressentir-se com as novas interações. A fadiga, cansaço mental e emocional podem desencadear uma desestabilização, e ele também poderá receber a energia Reiki para que possa equilibrar suas emoções, já que também passará por mudanças significativas.

Mas é bom lembrarmos que no exato momento do parto ele não poderá ser aplicado, pois pode gerar hemorragia. 

Os efeitos colaterais são reações que ocorrem em paralelo a algum tratamento que o cliente está sendo submetido, seja através de forma terapêutica ou medicamentosa.

Muitas vezes no início de um tratamento ocorre uma certa “piora” dos sintomas, e o cliente acaba por duvidar se o que está sendo feito dará resultado ou não, mas após um tempo os efeitos da terapia começam a funcionar, causando a melhora do quadro.

Passamos por diversos desafios e provas que geram emoções negativas. Algumas pessoas não sabem ou não conseguem liberar esses sentimentos, e acabam guardando para si. Esse comportamento irá gerar desequilíbrios energéticos, e consequentemente causar doenças.

As terapias que utilizam as energias fazem aflorar essas emoções e sentimentos, muitas vezes guardados há muito tempo, mas que causam problemas na vida atual.

Diversos efeitos colaterais, bons ou ruins, podem surgir após uma sessão de Reiki, como uma maior intuição, ideias novas, vontade de começar algo novo, desejo de orar, maior ligação com a natureza, dores, espinhas, distúrbios intestinais, pensamentos sem sentido, irritação, entre outros.

Esses sintomas duram no máximo uma semana, mas uma forma de aliviar esses efeitos é receber Reiki diariamente.

Os efeitos colaterais são reações diversas indesejadas, mas nunca nocivas, causadas pela ação da energia quando adentra nas partes desequilibradas do organismo do cliente, depois de uma sessão de Reiki.

Não existe qualquer efeito colateral maléfico no Reiki, o que ocorre são reações normais e benéficas, que duram um pequeno período, e que muitas vezes funcionam como uma saída das impurezas causadas pela doença que está sendo tratada.

O Reiki age de forma holística, nos corpos físico, emocional, mental e espiritual enviando a energia necessária para onde se encontra o problema, sendo ele agudo ou crônico. Isso faz com que, muitas vezes, o cliente sente as mais diversas reações depois das primeiras sessões de Reiki.

Esses efeitos colaterais podem ocorrer durante a sessão de Reiki, em alguns clientes podem surgir lembranças, situações e emoções reprimidas do passado, devido a abertura do inconsciente causada pelo Reiki. Essa liberação de lixo psíquico é chamado de transbordamento emocional, cuja consequência poderá ser a de um choro muito intenso.

Alguns clientes podem sentir reações de liberação muito forte e desconfortável, e são mais constantes no começo do tratamento, fazendo com que o cliente se sinta pior do que antes de começar. 

Quando ocorre o aumento no estresse do cliente durante o tratamento, isso é causado pelo fato de que quando ele começa a cura-se, a sua vida é afetada em níveis mais profundos do que os sintomas físicos.

O tempo da “piora” será proporcional à quantidade de material tóxico que está impregnado no organismo, que estava causando o seu mau funcionamento. Sendo que grande parte dessas toxinas retidas, vem do fígado, mas também pode haver bloqueios no sistema sintático, cardiovascular, pulmões e no trato gastrointestinal.

O Reiki tem o poder de libertação, promove assepsia com grande força purificadora, mas a desintoxicação do organismo não é fácil.

Muitas vezes essa liberação, muito comum em todas as terapias holísticas, é conhecida como crise curativa, e sem ela o trauma pode permanecer reprimido no interior, realizando a cura apenas de forma superficial e não plena, facilitando o ressurgimento do mal estar.

Cada cliente irá mostrar, a severidade dos efeitos colaterais conforme o quão intoxicado ele estava. O processo de cura irá livrá-lo dos males das doenças, e tornará a alma e a mente mais felizes em decorrência da livre circulação da energia que anteriormente estava retida.

Durante o tratamento deve-se manter repouso e ingerir mais água e fazer refeições leves. Dentro do período de algumas horas ou no máximo, vinte e um dias, o cliente se sentirá melhor. Tal tempo nos lembra dos vinte e um dias de purificação após a iniciação do Reiki.

É importante ter muita resignação e consciência de que foi necessário passar por esses desconfortos, e é bem provável que uma cura maior está por acontecer, e logo se alcançará uma vida mais saudável e repleta de maior claridade e felicidade.

Um dos maiores benefícios proporcionados pelo Reiki é a sua grande capacidade de tratar os distúrbios do sono.

O Reiki promove o relaxamento e ajuda a liberar hormônios de bem-estar, como a serotonina e a endorfina, sendo especialmente benéficos para quem sofre de insônia.

Os distúrbios do sono podem aparecer de duas formas, como uma dificuldade para iniciar o sono, ou quando se acorda no meio da noite e não se consegue mais voltar a dormir.

Esses distúrbios podem ser causados por vários fatores, como o estresse, preocupação, ansiedade, depressão, alimentação inadequada e mau funcionamento dos órgãos e funções do organismo.

Em longo prazo os distúrbios do sono podem gerar diversos problemas para a saúde. A carência de sono prolongada causa hipertensão, traz risco de problemas no coração, diabetes, obesidade, problemas de imunidade, causando herpes, gripes e resfriados frequentes, além de problemas psicológicos que podem afetar o funcionamento da mente.

A dificuldade em conseguir boas noites de sono é algo que ocorre com muitas pessoas atualmente, elas fecham os olhos e começam a ver uma série de pensamentos como se fossem filmes, ou escutam diversas vozes de si mesmo, causando várias sensações, menos de relaxamento. Isso muitas vezes impede da pessoa ter um sono mais tranquilo e restaurador. 

O Reiki é um recurso que pode ajudar a relaxar e atingir estados de sono profundo rapidamente, atuando diretamente em todos os problemas causados pela insônia, gerando diversos benefícios, entre eles:

– Promoção de relaxamento profundo do corpo e da mente;

– Liberação das emoções reprimidas como a raiva, a ansiedade e a depressão;

– Melhora no funcionamento do organismo;

– Equilíbrio dos hormônios;

– Tratamento do cansaço, stress e irritabilidade;

– Redução da atividade mental excessiva;

– Alcance da clareza mental, para encontrar as soluções dos problemas.

Os resultados do tratamento dos distúrbios do sono serão mais significativos se aliarmos o Reiki as seguintes ações:

  1. Prepare o refúgio perfeito

Crie um ambiente harmonioso, confortável e conveniente ao descanso, com cores suaves, uma temperatura adequada, objetos com significados positivos, e com a menor presença possível de fontes de luz ou ruído, como televisões, tablets ou telefones celulares.

Para que esse ambiente tenha maior equilíbrio, aplique Reiki frequentemente, principalmente o símbolo Sei He Ki.

  1. Medite habitualmente

Uma das maiores dificuldades para dormir ocorre quando a mente não parar de produzir pensamentos, isso ocorre quando acumularmos muitas preocupações no nosso subconsciente.

A meditação irá ajudar a desenvolver a consciência e a cultivar uma mente mais serena e tranquila, em todas as circunstâncias, incluindo na hora de dormir. Acerte um horário mais oportuno e medite regularmente, finalizando com os cinco princípios de Reiki.

  1. Antes de dormir, “desligue-se”

É fundamental que no momento de dormir, se afastar das responsabilidades do dia a dia. É uma prática bem difícil, mas ela irá auxiliar a criar uma fase intermediária mais leve, entre a rotina diária e o momento de dormir.

Pratique técnicas de Reiki, como o banho seco, a chuva de Reiki, o enraizamento ou um pouco de meditação Gasshô, para tranquilizar a mente e “desligar-se” daquele dia que passou ou daquele que está por vir.

  1. Realize o autotratamento

O autotratamento proporcionará, na grande maioria das pessoas um relaxamento que facilitará o adormecer. Em certos casos pode ser que algumas pessoas se sintam com mais energia, sendo necessário experimentar e ver qual o resultado em cada caso. 

  1. Foque nos motivos da insônia

Separe um tempo para analisar sobre aquilo que está lhe tirando o sono. Muitas vezes, pode ser que uma preocupação sobre algo que aconteceu recentemente ou que ocorreu há muito tempo seja a causa da insônia, ou o estresse, excesso de trabalho ou maus hábitos alimentares. A identificação da causa facilitará no tratamento, focando o Reiki diretamente nela.

A preocupação é também um dos grandes causadores de distúrbios do sono, pois ela ocorre quando usamos nosso tempo por algo que não podemos fazer nada de imediato, ou seja, ficar preocupado não tem lógica para resolver o problema atual. O excesso de preocupação irá causar ansiedade, e consequentemente dificultará que a pessoa tenha um sono de qualidade.

O que você pode fazer para abandonar as preocupações?

  1. Busque soluções para o problema e se programe para resolvê-lo;
  2. Questione-se, tal problema pode ser resolvido agora ou só amanhã?
  3. Direcione Reiki para o motivo da preocupação;
  4. Medite para manter sua consciência no ”presente”;
  5. Caso você não consiga solucionar o problema, seja humilde e procure ajuda.

Algo que também pode causar insônia, ansiedade ou mesmo hiperatividade é o acumulo energético, isso acontece pelo ato de não canalizar as energias de nossos corpos. Algumas possíveis soluções para isso seriam:

  1. Prática de exercícios Físicos;
  2. Movimentação das Energias sutis;
  3. Meditação;
  4. Realizar Sexo Tântrico;
  5. Doação de energia (ectoplasma).

Através do Reiki o corpo e alma ficarão em sintonia com o fiel propósito de elevar seu ser, além de causar o alinhamento dos chackras, o Reiki fará se sentir completo e auxiliará a ter momentos de sono tranquilos e restauradores.

Concluímos dizendo que somos responsáveis pela nossa vida, e o cuidado com nosso repouso é fundamental para que tenhamos uma boa qualidade de vida, e estarmos prontos para os desafios do dia a dia.

Transtorno, distúrbio e doença são termos que se combinam aos termos mental, psíquico e psiquiátrico para retratar qualquer anormalidade, sofrimento ou comprometimento de ordem psicológica e/ou mental. A psicologia, a psiquiatria e a neurologia são ciências que estudam os distúrbios psicológicos. 

O estilo de vida, preocupações, vida profissional, estresse e estímulos constantes são os grandes causadores das doenças psicológicas.

Muito preconceito ainda permeia o assunto, e às vezes dificulta o debate aberto, mas essa situação vem mudando, pois esses problemas atingem cada vez mais a humanidade. É extremamente importante discutir essa questão e entendê-la melhor.

Os distúrbios psicológicos mais comuns são:

  • Ansiedade;
  • Depressão;
  • Anorexia nervosa;
  • Transtorno Obsessivo Compulsivo;
  • Síndrome do Pânico;
  • Transtorno Bipolar.

A terapia Reikiana é capaz de atuar sobre o sistema nervoso central do cliente, inclusive do sistema nervoso autônomo, permitindo que tenha influência sobre a frequência cardíaca e respiratória. Conseguindo o controle sobre essas frequências, pode-se contribuir para que o cliente tenha um ritmo mais sereno, causando, por exemplo, a um cliente que sofre de ansiedade, um estado mais calmo e tranquilo.

Estudos vêm demonstrando que o Reiki atinge um efeito muito superior ao placebo utilizado em tratamentos contra sintomas de angústia, e os clientes que apresentam depressão também podem ser assistidos e beneficiados com sessões de Reiki.

É muito importante, sempre frisarmos e deixar bem claro que o Reiki e demais técnicas alternativas semelhantes, irão atuar de maneira complementar e integrativa à medicina tradicional, e jamais devem substituí-la. Da mesma forma, as orientações dos profissionais de saúde, que acompanham o cliente, como o psicólogo ou psiquiatra não devem ser livremente substituídos, mesmo que por um mestre em Reiki.

A mente pode sofrer diversos tipos de traumas emocionais. Um exemplo disso é quando uma pessoa fica sabendo que possui uma doença grave, e será submetido a uma cirurgia, seu corpo e a mente podem reagir à informação de tal forma a criar uma espécie de desequilíbrio em sua energia. O Reiki antes e depois de um evento como esse pode ajudar a manter e restaurar o equilíbrio. Isso auxiliará o corpo e a mente a se curarem, através do uso da energia positiva.

Diversos hospitais em todo o mundo, em razão dos diversos benefícios, vêm utilizando o Reiki em seus clientes, no pré e pós-operatório.

As pessoas que possuem transtornos pós-traumáticos, especificamente aquelas que foram molestadas sexualmente ou sofreram violência doméstica, podem apresentar bloqueios, que impedem de receber certas técnicas terapêuticas. Nestes casos, o Reiki é uma excelente opção de tratamento, por ser uma prática menos intrusiva, o cliente permanece durante toda a sessão totalmente vestido, podendo ser realizada sentado ou deitado em uma maca, e o terapeuta mantém as mãos a cerca de 5 centímetros do cliente.

As guerras são grandes causadoras de diversos distúrbios psicológicos, e o Reiki vem sendo utilizado em militares desde 2007, quando o Dr. Fortunato, um veterano do Vietnã, psicólogo e ex-monge beneditino iniciou a restauração Fort Bliss e o Centro de Resiliência no Texas/EUA. O Centro oferece yoga, meditação, massagem, Reiki, e outros métodos de cura holística, sendo elogiado pelo secretário de Defesa, Robert Gates, e pelo Chefe do Estado Maior, o general George Casey, esse afirmou ainda que todo militar deveria ser submetido a essas técnicas terapêuticas. O programa atual atende soldados que lutaram no Afeganistão e no Iraque, e os estudos demonstraram que mais de 40.000 militares que serviram em guerras, apresentaram sintomas de transtornos pós-traumáticos.

O terapeuta de Reiki, devidamente treinado através de diversas técnicas, vai atuar sobre diferentes estruturas celulares que se encontram em desarmonia, provocando a sua recuperação. Podemos definir o Reiki como uma “terapia não agressiva e nem invasiva”, que por meio de pequenos estímulos, volta a permitir que o corpo ative as suas frequências básicas, e com isso, a sua capacidade de autocura e equilíbrio. 

Existem corpos sutis que interagem entre si, e que uma alteração no corpo físico é sempre precedida por outra em algum dos corpos sutis, sendo a doença uma somatização de alguma desarmonia ocorrida em algum plano energético. 

A cura deve ser baseada em harmonizar as vibrações dos nossos corpos sutis, resultando em uma melhoria de saúde e bem-estar. Uma maneira de situarmos as vibrações dos corpos sutis é lembrarmo-nos do espectro vibracional da natureza, onde estão incluídas as frequências baixas, como por exemplo, as eletromagnéticas, as do espectro de luz visível e muitas outras.

O Reiki não causa efeitos secundários, pelo contrário, contribui para anular os efeitos colaterais de tratamentos complexos das medicinas convencionais, restituindo o equilíbrio físico, emocional, mental e psicológico.

 Ao fazer uso da energia Reiki, estamos aplicando energia-luz, visando recuperar e manter a saúde física, a mental, a emocional e a espiritual. Ele é um método natural de equilibrar, restaurar, aperfeiçoar e curar os corpos.

A aplicação de Reiki em pessoas com distúrbios psicológicos causa o aumento de consciência, uma melhoria na sua atenção no dia-a-dia, e aumenta o fluxo sanguíneo, proporcionando um melhor funcionamento do organismo. 

O Reiki tem o poder de auxiliar a aumentar a criatividade em diversas áreas. 

A criatividade pode ser estimulada e manifestada de diversas maneiras em cada pessoa, sendo na composição de uma música, em uma obra artística, assistindo tv, curtindo a natureza, etc.

Como é uma terapia holística que atua nos campos mental, espiritual, emocional e físico, acaba sendo muito procurada em razão de seus efeitos no lado físico e emocional, mas é comum que as pessoas surpreendam-se com o aumento da criatividade que decorre do contato frequente com a energia Reiki

Muitas vezes a criatividade fica estagnada, principalmente devido ao padrão vibratório que a pessoa se encontra. A energia não flui pelo organismo, causando bloqueios que influenciam no processo criativo.

A terapia com Reiki irá aumentar a capacidade criativa tanto aos que não encontram bloqueio algum, quanto eliminar obstáculos que estejam limitando o processo criativo de indivíduos estressados ou com alguma característica nociva à liberdade de pensamento.

A criatividade pode estar bloqueada em razão a excessos de estresse, de perfeccionismo, de preocupações e até mesmo de ego em algumas ocasiões. 

O Reiki capacitará o cliente a vivenciar mais momentos de ideias durante o dia, principalmente em momentos de serenidade. Além disso, após algumas sessões de Reiki, ele se sentirá mais confortável com situações arriscadas, como, por exemplo, desempenhar o seu melhor, se sentindo confiante independente da opinião alheia.

O ego e o estresse andam juntos afetando de maneira significativa a vida das pessoas, pois em certos casos, a natureza autocentrada, hiperativa e destemperada do ego pode, na verdade, causar estresse. Em outros casos, o estresse pode desencadear uma necessidade de controle, ativando o ego em sua forma máxima.

Um dos grandes benefícios causados pelo Reiki é a rápida redução dos níveis de estresse, e ao mesmo tempo ele atuará para a diminuição do ego. No momento que o cliente estiver livre para olhar para outras opções e crenças saudáveis, com certeza ele conseguirá acesso à área criativa de sua mente.Além do ego e o estresse, outras coisas são capazes de bloquear seu fluxo de criatividade. O Reiki irá romper bloqueios energéticos, e oferecerá novas inspirações e abrindo caminho para tudo o que há de seguir seu caminho livremente. O cliente se sentirá mais empolgado em sua imaginação e no aparecimento de novas ideias.

A liberação desses bloqueios pode ainda fornecer acesso ao lado mais obscuro ou a uma natureza mais profunda do ser, aumentando sua oportunidade de se conhecer em todos os aspectos.

O Reiki consegue equilibrar os chacras e isso irá aflorar uma série de benefícios criativos. Os chacras equilibrados, alegremente aumentam a sua conexão com as energias criativas, ao mesmo tempo em que suportam a autoconfiança necessária para que você possa se expressar livre de quaisquer bloqueios.

Todos os tipos de criatividade possíveis podem florescer, pois o Reiki irá revigorar e unificar o corpo, a mente e o espírito. 

Pessoas ansiosas ou de mentes inquietas podem passar por um grande dano no processo criativo, ou qualquer outro relativo. Através de sessões de Reiki podemos ver um considerável resultado em acalmar mentes repletas de medo, ansiedade, dúvidas e demais pensamentos negativos.

Uma mente que se encontra em um estado de tranquilidade e quietude, terá facilidade de explorar o universo, a partir de bases fortes e fundamentadas.

Pessoas ligadas às artes, e que possuem excesso de perfeccionismo tendem a ter medo de cometer algum erro, e literalmente travam sua criatividade, antes mesmo de dar o primeiro passo de um trabalho.

O Reiki encoraja o relaxamento, aumentando a criatividade, ajudando a deixar um pouco de lado o resultado, o perfeccionismo, o medo, a ansiedade e outros obstáculos que podem estar impedindo o seu processo criativo.

Reiki é uma poderosa ferramenta de autoconhecimento que nos habilita ao empoderamento, que é a capacidade de o indivíduo realizar, por si mesmo, as mudanças necessárias para evoluir e se fortalecer, independente da área de atuação profissional ou dos gostos pessoais.

No momento em que a pessoa escolhe por se empoderar, ela cria a consciência das decisões que toma para a sua vida, conhece suas capacidades e suas possibilidades de contribuição para o mundo. Essas pessoas se tornam mais criativas e produtivas, o que para a sociedade é ótimo, pois aumentam a capacidade produtiva da sociedade.

A pessoa empoderada vive de forma plena seus valores e tem alto senso de reconhecimento, tornando-se mais dedicado socialmente e menos predisposto a manipulação.

Com certeza todos somos capazes de adquirir o próprio poder ou a autodominação para se aprimorar. Devemos sair da zona de conforto, abrir-se para o novo, se dedicar ao estudo, e se aprofundar no que percebe em torno. O autoconhecimento leva a liberdade do pensamento e das ações, e consequentemente ao aumento da engenhosidade.

Ele liberta o processo criativo, e aumenta a confiança aos questionamentos e estimulará às possibilidades, além de explorar todas elas.

Para aqueles que já tinham a criatividade aflorada, o Reiki também irá atuar da mesma forma, aumentado essa energia criativa. Os trabalhos irão flui com facilidade e os resultados serão muito satisfatórios.

O desejo de realizar antigas práticas prazerosas também é muito comum. Por exemplo, uma pessoa que tinha o costume de escrever na infância e depois parou, poderá retomar o prazer que havia ficado no passado. 

Reiki, por si só, é energia luz, força vital universal cósmica. É a própria essência da vida, ele ajudará a descobrir que a criatividade sempre esteve aí, basta fazer a nossa parte, aceitando essa terapia fantástica e sua filosofia de vida. 

Poderemos usar a energia de aplicação Reiki em situações emergenciais sempre respeitando as orientações devidas e o bom senso de quem aplica.

Lembre-se sempre que o Reiki não é uma Terapia Alternativa e sim um coadjuvante em todos os tratamentos e terapias.

Jamais deveremos subestimar o mal-estar, sintomas, sinais, dores entre outros a que se refere o cliente, sejam eles quais forem e em que intensidade ocorrerem, o atendimento médico é primordial.

Você pode aplicar o Reiki em situações emergenciais até a chegada do médico profissional.

Em que situações emergenciais podemos aplicar o Reiki?

Hemorragias

Com o objetivo de estancar pequenas hemorragias pós-cirúrgicas, pode-se aplicar o Reiki para auxílio na cicatrização mais rápida dos tecidos. Mas nunca durante o processo cirúrgico, pois pode estimular a hemorragia.

Queimaduras

Em casos de queimaduras graves, não colocamos as mãos diretamente nas regiões afetadas, somente nas áreas íntegras, até que haja o atendimento médico devido. Já em pequenas queimaduras, aplicamos o Reiki diretamente na área afetada, com a finalidade de retardar ou até mesmo evitar a destruição dos tecidos, dessa forma, a dor será reduzida e manterá um mínimo de edema (inchaço por acumulação de líquidos).

Crises Respiratórias 

Problemas, por exemplo, falta de ar, bronquites e asma. Normalmente, quem sofre com as crises faz uso da medicação normal indicada por um profissional e também em situações de emergência. Além disso, pode-se aplicar o Reiki normalmente, pois ajudará o cliente na ação medicamentosa, redução dos efeitos colaterais do mesmo, além de amenizar a tensão nervosa. A aplicação poderá ser localizada no tórax.

Fraturas

Em casos de fraturas expostas, não colocamos as mãos diretamente sobre a região do ferimento e sim nas áreas íntegras, sendo o mais próximo possível da área afetada. Pode-se aplicar o Reiki após a correção cirúrgica de fraturas e de todas as patologias apresentando excelentes resultados no processo de cicatrização, redução das inflamações, dor, calor, vermelhidão, inchaço.

Desmaios

Aplicar Cho Ku Rei nas duas formas nos pés, para trazer a pessoa à consciência.

 

Pacientes na UTI

Somente com recomendação médica, para evitar qualquer tipo de problema para o próprio terapeuta.

Durante as crises emergenciais, nosso organismo produz substâncias tóxicas em razão do estresse emocional, há perda de energia, o que causará danos para o equilíbrio do organismo. Muitas vezes, não sendo possível a aplicação completa do Reiki por variados motivos ou uma internação hospitalar, por exemplo, poderemos fazer uso do Reiki tocando, simplesmente, em qualquer parte do corpo do cliente, em qualquer ponto, segurando um pé ou uma mão durante o período de visita num toque sereno e tranquilo para reabastecimento energético. Se possível, é interessante fazer uma aplicação completa da energia Reiki após uma emergência.

Cabe ainda a observação: na dúvida, em que ponto aplicar o Reiki em casos de primeiros socorros? Uma boa dica: o Chakra Cardíaco, os pés e a nuca. Simplesmente, coloque a mão sob regiões com a intenção de canalizar o Reiki, deixando o restante por conta da Sabedoria Divina e terrena.

Ao pesarmos ou pedirmos por prosperidade, muitas vezes a primeira coisa que vem em nossa mente é o dinheiro. Ser uma pessoa próspera também é conseguir uma boa condição financeira, pois o dinheiro irá trazer conforto, diversão, facilidades, etc., mas a prosperidade vai muito além disso. Muitas pessoas possuem grande poder aquisitivo, mas vivem seus dias insatisfeitos e infelizes.

Devemos procurar prosperar também em nossos relacionamentos com amigos, nossa família, nosso trabalho, nossa saúde, mas isso dependerá da forma que estamos energizados.

Seguem alguns exemplos de prosperidade se estivermos energizados:

Amigos – Faremos novas amizades e preservaremos as atuais.

Trabalho – Realizaremos nossos trabalhos com mais energia, disposição e com desejo de nos aprimorar.

Inteligência – Com o cérebro mais energizado poderemos pensar melhor.

Familiares – Mais vontade de curti-los.

Cônjuge – Mais dedicação ao relacionamento.

O curso da prosperidade em nossa vida é uma energia, e quando algo não está em nosso favor, é porque algum impedimento está ocorrendo. Diversos bloqueios energéticos podem estar impossibilitando que uma pessoa alcance a tão sonhada prosperidade, alguns deles são:

– Formas pensamentos;

– Trabalhos energéticos;

– Autossabotagem.

Para que possamos combater tudo isso é preciso identificar onde estamos e aonde queremos chegar. Às vezes é necessário estudar o passado e realizar o tratamento de alguns traumas, rompendo certas crenças e entendimentos sobre prosperidade, além de buscar uma alternativa complementar para romper desbloqueios energéticos e reequilibrar sentimentos e emoções.

O Reiki pode ser utilizado para alcançarmos a prosperidade, pois ele é uma técnica que trabalha os fluxos energéticos do corpo humano, e nossa capacidade de gerar riquezas e prosperar está diretamente ligada à saúde mental e física. Quando utilizamos o Reiki, estamos providenciando para que nossas capacidades físicas e mentais estejam em plenas condições e prontas para enfrentar qualquer prova.

É extremamente importante que se esteja atento aos pensamentos e a partir do instante em que permitir que eles sejam positivos ou negativos, na realidade você está capacitando-os para que se manifestem de alguma maneira em seu cotidiano.

É aí que o Reiki entra em cena, pois ele ajudará o indivíduo, não somente em sua essência, mas no controle da mente e contra pensamentos opressores e negativos. Daí será possível contribuir para que os pensamentos positivos permeiem o máximo possível na chamada consciência coletiva. Assim nos tornando seres prósperos.

No momento que nos sintonizamos com o Reiki, alcançaremos o poder de ativar e equilibrar nosso chackra básico, responsável por nossa prosperidade.

O Reiki da Abundância combina o pensamento, com as posições das mãos que estimulam o fluxo de energia adequada. Veja o seguinte exercício de Reiki para se fazer em qualquer momento, e começar a receber a sua energia em sintonia com a abundância e prosperidade:

1 – Encontre um local tranquilo e procure relaxar;

2 – Fique atento aos pensamentos; 

3 – Afaste-se de pensamentos negativos;

4 – Abra a energia Reiki. Com a palma das mãos em cada lado do nariz e os dedos descansando suavemente contra as pálpebras fechadas ou a testa, observe os pensamentos. Respire fundo e lentamente. Esta posição das mãos abrange os seios da face, olhos, hipófise e será útil para liberar bloqueios de energia;

5 – Durante essa posição das mãos, diga silenciosamente para si: “Obrigado pensamentos. Faça um agradecimento à sua mente;

6 – Coloque as suas mãos para trás da cabeça. Posicione-as como se estivesse a embalar suavemente a cabeça. Nesta posição, convide pensamentos de abundância enquanto aplica os 3 símbolos do Nível I e II;

7 – Mentalize a prosperidade e abundância como uma luz amarela brilhante, que preencha todo seu o corpo.

Não é necessário seguir nenhum preceito especifico para a aplicação, somente para a sintonização/iniciação.

Quando nos abstemos da carne, do sexo ou das bebidas alcoólicas e fumo, estamos evitando que quaisquer interferências energéticas desequilibrem os nossos corpos sutis. E isso se torna necessário para o momento da sintonização, mas não é uma regra obrigatória para a aplicação.

Podem. Não há contra indicação. Mas, poderá aumentar o fluxo menstrual. Por outro, lado equilibrará os efeitos emocionais da TPM. Lembre-se que caso não esteja se sentindo em sua energia plena, cuide primeiro de si e depois do outro.

Não. Hoje como o Reiki é visto como prática complementar e integrativa em espaços de saúde adotou-se vestir o branco, por questões de higiene, mas não é uma obrigatoriedade.

Não. Ele apenas auxilia nos tratamentos terapêuticos mentais, físicos, emocionais e espirituais.

É sempre bom esclarecermos algumas particularidades da energia Reiki antes de partirmos para a prática:

– A energia durante o Reiki possui polaridade conforme a necessidade do receptor;

– A energia não provém do Reikiano, isso faz com que ele não fique exausto mesmo após várias sessões de Reiki; 

– Podemos aplicar e receber todos os dias e mais de uma vez ao dia;

– Podemos aplicar Reiki em alimentos e bebidas;

– Espalhar símbolos reikianos pelos ambientes eleva o nível energético. Por isso que hoje dentro do Feng Shui já existem os adesivos;

– Recitar e praticar todos os dias os princípios do Reiki ajudam no caminho espiritual;

– Pode-se tomar banho aplicando Reiki;

– Pode-se potencializar orações com Reiki;

– A partir do Nível III podemos ter tratamentos específicos do Reiki para doenças específicas.

Quem é a Márcia

Márcia Fernandes é sensitiva, astróloga, numeróloga, reikiana e estuda a espiritualidade há mais de 40 anos. Seu pai e sua avó paterna trabalharam por muitos anos mediunicamente deixando-a um ótimo legado. Márcia acredita que os poderes físico, mental, emocional e espiritual podem mudar tudo em nossas vidas, basta acessá-los.

Depoimentos

"Fiz o Reiki 1 e 2 e depois fiz o Reiki 3. Fazer este Curso foi a melhor coisa que me aconteceu na vida! Eu estava passando por uma fase de mudanças radicais, de muitas incertezas. Foi o Reiki que me deu equilíbrio, concentração, compreensão e amor para seguir em frente. Faço a prática todos os dias.
Nada do que eu falar ou escrever expressará o quanto sou grata a vocês. A seriedade com que minhas mestras conduziram esse curso não tem preço.
Gratidão, Gratidão, Gratidão, "

Ana Maria

"O Reiki 1, 2 e 3 foi um divisor de águas na minha vida. Sou outra pessoa graças a Márcia, Cintia e sua equipe, que me conduziram e me salvaram (literalmente me salvaram de diversos problemas espirituais) e o Reiki que, nem sei explicar o quanto alinhou meus chakras e me equilibrou me tornando uma outra pessoa.
Gratidão pela outra vida que vocês me deram. Sucesso e bênçãos nos novos cursos de Reiki.
Um grande beijo e abraço,"

Carla

Quem é a Daniela

Daniela Pasqual é terapeuta integrativa, complementar e holística, reikiana, astróloga, numeróloga, radiestesista, litoterapeuta, fitoterapeuta, consultora de Feng Shui, Mesa Radiônica e de Oráculos. Daniela acredita que o caminho de nossa evolução está na busca da elevação de nossa frequência energética através da prática do aprendizado.

Conheça os cursos

Você pode optar por um Nível Individual (escolha entre os níveis 1 e 2, 3 ou Master) ou pela FORMAÇÃO COMPLETA em Reiki, com todos os níveis.

Reiki 1 e 2

de R$ 980,00 por R$ 880,00

Reiki 3

de R$ 980,00 por R$ 880,00

Reiki 1, 2 e 3

de R$ 1.960,00 por R$ 1.760,00

Reiki Master

de R$ 1.960,00 por R$ 1.760,00

Reiki em Animais

de R$ 890,00 por R$ 700,00

Cirurgia Reiki

de R$ 1.090,00 por R$ 890,00

Reiki Completo

de R$ 5.900,00 por R$ 2.889,00

Garantia

O curso possui garantia de 7 dias. Se você não gostar, pode cancelar sem problema algum e devolveremos seu dinheiro, sem questionamento e com toda a transparência.

Se você não agir agora, provavelmente continuará com o mesmo problema, sofrendo as consequências de não saber lidar com as energias negativas. Demorei muitos anos pra entender como lidar e o Reiki é um facilitador maravilhoso!

Márcia Fernandes

© 2021 Márcia Fernandes. Todos os direitos reservados.